Filtre por categoria
2 de dezembro de 2019

Universitários africanos visitam comunidade Quilombola em Horizonte no encerramento do "Novembro Negro"

O Núcleo de Política de Promoção da Igualdade Racial de Horizonte (NUPPIRH),  da Secretaria de Assistência Social e Trabalho, encerrou na última sexta-feira, 29 de novembro, a programação do mês da Consciência Negra e o Combate à Discriminação Racial com a visita de 40 alunos da Universidade da Integração Internacional da Lusofonia Afro-Brasileira (Unilab), oriundos de diferentes países africanos, que atualmente moram no Ceará.

"Durante todo o que chamamos de 'novembro negro', intensificamos ações de promoção da igualdade racial através de atividades diversas que debatem questões étnicas, identitárias, raciais e de liberdade religiosa. Tivemos fóruns, debates, rodas de conversa temáticas, momentos lúdicos, brincadeira, círculos de dança, integração, enfim atividades que circularam em torno do tema", explicou a coordenadora Marleide Nascimento.

O cabo-verdense Igor Oscar Teixeira, universitário do curso de Engenharia Elétrica, declarou estar fascinado pela cultura brasileira, tão semelhante e ao mesmo tempo diferente da cultura africana. "Esta é uma experiência importante para nós, que somos africanos e estamos no Brasil. Pudemos também compartilhar nossa cultura, que é vasta. Somos 47 países na África. Temos muito a ensinar e aprender", afirmou.

 

PROMOÇÃO DA IGUALDADE

O NUPPIRH promove e fortalece a efetivação da Política da Igualdade Racial na perspectiva de inclusão social para a população afrodescendente, indígena, cigana e demais etnias. As ações são planejadas e organizadas por uma equipe de profissionais vinculados à Secretaria de Desenvolvimento e Inclusão Social, que inclui: assistentes sociais, psicóloga, pedagoga e técnicos de nível médio administrativo.

GALERIA DE FOTOS

Dia da Consciência Negra - NUPPIRH e CRAS Quilombola